Atualmente, a situação de isolamento social está nos mostrando a importância de estarmos conectados e que contar com uma conexão está se tornando cada vez mais essencial. A rede se tornou um canal de extrema importância para manter nossas atividades diárias em funcionamento, nos comunicarmos e garantir a continuidade dos negócios.

Estamos num momento em que o teletrabalho e a educação à distância estão sendo cada vez mais implementados, assim como as atividades de entretenimento dentro de nossas casas. Entretanto, à medida que mais dispositivos e usuários remotos acessam a rede, maior é o risco de ameaças às empresas.

Hoje, mais do que nunca, devemos entender que a segurança não pode ser vista como um complemento, mas sim como um elemento crucial para nossos negócios e para a continuidade dos mesmos. É por isto que, no contexto atual, o principal desafio das empresas é garantir um ambiente seguro para suas atividades e, principalmente, para seus funcionários. Eles estão trabalhando remotamente.

Para isso, as formas de abordar a segurança devem começar a mudar. Devemos não só detectar e prevenir atividades maliciosas, mas pensar adiante, imaginando que a empresa foi violada para ver como responderíamos a esta situação. Desta forma, estaríamos preparados para um controle e uma gestão oportunos.

Assim, as empresas terão o foco para enfrentar um quadro de ação cada vez mais complexo. Isto é evidenciado através de múltiplos estudos de analistas, que mostraram que devido à pandemia, o tráfego de e-mails maliciosos em todo o mundo aumentou 30%, equivalente a mais de 1.5 milhões de e-mails por dia.

Estes e-mails maliciosos, ou phishing para ser mais exato, somam-se a uma longa lista de desafios de segurança dentro do cenário atual: aumento do tráfego de rede, confidencialidade no uso de videoconferências ou ferramentas de voz, maior utilização da Nuvem e proteção de dados, entre outros.

 Diante dessa iminente onda de desafios, a CenturyLink implementou uma estratégia chamada See More, Stop More: quanto mais você consegue ver o tráfego na Internet, mais você pode mitigar o impacto das ameaças contra as empresas.

A implantação da rede tornou-se um grande sensor de risco, permitindo que potenciais anomalias fossem detectadas e tratadas, muito antes de poderem chegar às empresas e seus dados. Isto foi demonstrado no último Relatório de Ameaças do Centro de Pesquisa de Segurança Cibernética do Laboratório Black Lotus. Em 2019, ele indicou que 1.2 milhões de ameaças em média foram rastreadas todos os dias.

Com isso em mente, devemos entender que o contexto atual nos apresenta uma série de novos desafios, deixando a segurança das empresas vulnerável. O aumento iminente dos usuários remotos e a crescente demanda por conectividade fazem com que a inovação em segurança da rede tenha se tornado indispensável. Não apenas para proteger o negócio digital, mas também para continuar a expansão neste novo paradigma digital.

Michael Lawson

Autor:
Pablo Dubois
Regional Security Product Manager – CenturyLink LATAM

Disponible en Español (Espanhol)